Pesquisar

Diocese de Guarapuava inaugura novo seminário de Teologia em Curitiba

Em 25 de junho de 2024, dia que antecedeu o aniversário de 58 anos da diocese de Guarapuava, o bispo diocesano, dom Amilton Manoel da Silva, CP, junto com o bispo emérito, dom Antônio Wagner da Silva, scj, e um grande número de padres e seminaristas, presidiu a celebração que marcou a inauguração do novo seminário de Teologia da diocese. Localizado em Curitiba, será o local onde os candidatos ao sacerdócio que estão nos últimos anos de formação poderão viver, conviver e estudar.

O nome oficial da nova casa será Seminário Maior de Teologia São Paulo VI, em homenagem ao Papa que, no ano de 1965, assinou a bula CHRISTI Vices, criando a diocese de Guarapuava.

A casa poderá acomodar até 8 seminaristas nos 8 quartos disponíveis. O local conta com refeitório, sala convivência e estudo, biblioteca, área de serviço e uma capela que, vale a pena destacar, teve a pintura do altar feita pelos próprios seminaristas e por dom Amilton. Em uma publicação nas redes sociais, o bispo agradeceu os seminaristas que, segundo ele, fizeram 70% do trabalho e explicou o significado da obra:

A Santíssima Trindade está representada nos 3 arcos que nascem da cruz, já que o plano da salvação é trinitário e a cruz a “ponte” entre o céu e a terra. Os arcos não tem conclusão (infinitude de Deus) e as 3 cores lembram cada pessoa: O Pai é o dourado (Divindade/luz), o Filho o vermelho (o divino que se fez humano – sangue) e o Espírito Santo é o verde claro (água- criação- batismo). O final do primeiro raio, Pai, se direciona para o alto, o Filho também, porém vem diretamente da cruz e sela no sacrário o Mistério Pascal. O Espírito extrapola o quadro como que saindo para fora… Ninguém aprisiona o Espírito. Nossa Senhora de Belém e São Paulo VI estão voltados para o centro, Trindade e Mistério Pascal, e as 3 cores trinitárias os envolvem: os Santos estão no seio da Trindade.

Em 2024, a diocese de Guarapuava conta com 5 seminaristas estudando Teologia. Por enquanto, a estrutura atende bem as necessidades dos moradores, mas, em pouco tempo, é esperado que o número de estudantes aumente, então obras de ampliação já estão sendo planejadas. “A expectativa é de que em um futuro breve, com o aumento das vocações e com o empenho de toda comunidade diocesana, possamos acomodar de 15 a 20 seminaristas, mas para isso precisamos construir novos quartos”, explica o padre José Alir Moreira, reitor.

Os primeiros seminaristas da nova casa são:
Alan Cesar Reis Rocha
Douglas de Oliveira
Emerson Luiz Ramos
Mário Eduardo Vidal Lemes dos Santos
Messias Batista de França

O Seminário Maior de Teologia São Paulo VI está localizado na rua Brasilio Itiberê, 1456, bairro Rebouças, na cidade de Curitiba.

Dom Amilton Manoel da Silva e seminaristas durante as obras da capela.
Inauguração do Seminário Maior de Teologia São Paulo VI.
Seminaristas da Teologia, e primeiros moradores da nova casa.
Seminaristas da etapa do discipulado, em Guarapuava, e candidatos a futuros moradores do novo seminário.
Seminaristas do Seminário Menor e propedêutico, de Guarapuava, que estão na primeira etapa de estudos.

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

plugins premium WordPress